Continue a ver os nossos conteúdos no Facebook

Facebook alterou seus algorítimos para que a prioridade seja do usuário ver mais publicações de seus amigos na linha do tempo

de47dfaf373635406d20781c4ebc7d9d

O Facebook anunciou que iria alterar seus algoritmos que selecionam o que aparece no feed de notícias. O motivo alegado pela rede social é dar prioridade para conteúdos postados por amigos e familiares. Na prática, isso significa que as pessoas vão ver menos publicações feitas por fanpages.

Nem todos os usuários ficaram satisfeitos com as novas mudanças. Por isso, preparamos um passo a passo para você que não quer deixar de acompanhar conteúdo informativo na sua linha do tempo:

1

Passo 1: Acesse a página do Espaço do Casamento no Facebook. É necessário curtir a página, caso ainda não tenha feito, para receber as atualizações em seu feed de notícias.

2

Passo 2: Se você estiver visitando a página a partir de um computador, basta passar o mouse sobre a seta ao lado do botão “Curtir” para que um menu apareça. Já no smartphone, é preciso tocar no botão “Seguindo”. Ao escolher a opção “Ver primeiro”, você não irá perder nada que a nossa página compartilha no Facebook!

3

Passo 3: Ainda é possível receber notificações sempre que o Espaço do Casamento compartilhar algum tipo específico de conteúdo. Para isso, é preciso clicar no ícone de lápis, à direita da seção “No seu feed de notícias”. Ao optar, você poderá receber até cinco notificações por dia quando a página publicar vídeos, links, fotos, eventos ou transmissões ao vivo.

O mesmo procedimento vale para outras páginas que você curtir.

Convite de Casamento

Já pensou seu casamento anunciado por um pregoeiro?

O convite de casamento é o cartão de visitas da cerimônia. Exigem trato especial na hora da escolha.

Bem antes de surgirem os convites de casamento, a cerimônia era anunciada por uma pessoa chamada de pregoeiro. Bem diferente do que esse profissional hoje faz, o pregoeiro tinha a função de anunciar em voz alta todos os comunicados oficiais e as notícias diárias. Era também sua função anunciar os casamentos na Inglaterra na Idade Média e quem ouvisse o anúncio decidia se iria ou não comparecer.

No mesmo período, as pessoas mais abastadas e os membros da nobreza confeccionavam os convites de casamento por intermédio dos monges> Homens hábeis na caligrafia, estes eram contratados especialmente para escrever os convites de casamento.

Imaginou seu casamento sendo anunciando por um pregoeiro ou escrito por um monge? Talvez isso não seja mais possível. Mas é possível fazer seu convite de casamento da forma que mais agrade tanto a você como aos convidados.

Convite de Casamento Modelo Clássico 1. Disponível para encomenda. Foto: Espaço do Casamento/Divulgação.

Convite de Casamento Modelo Clássico 1. Disponível para encomenda. Foto: Espaço do Casamento/Divulgação.

Desde 2007, O “Espaço do Casamento” trabalha com design e confecção de convites. Conheça nossos modelos. Você vai se surpreender. E os seus convidados Também. Comparecer em seu casamento será obrigatório!

Acesse nossa loja para conhecer os modelos de convite de casamento e tirar suas dúvidas.

“Honeymoon” ou Lua de Mel?

Tanto faz dizer Honeymoon ou Lua de Mel. Ambas estão corretas. Mas o termo escrito na Língua Portuguesa é a tradução do termo em Inglês, que foi usado pela primeira vez na Irlanda, onde os recém-casados tinham o costume de tomar uma bebida de baixo teor alcoólico chamada mead – ou hidromel –, composta basicamente de mel fermentado e água. A poção deveria ser consumida durante um mês ou uma lua, daí a expressão. O hidromel já foi uma bebida muito popular e difundida no mundo todo, apreciada tanto pelos antigos romanos quanto por aborígenes, africanos e pelas sociedades pré-colombianas e de povos citados na Bíblia. Como era considerado, por tradições milenares, uma fonte de vida – e com propriedades afrodisíacas – o mel deve ter contribuído para esse uso ritual irlandês.

Visto dispensável, mas não o documento de identificação. Foto: Divulgação.

Visto dispensável, mas não o documento de identificação. Foto: Divulgação.

Como um ritual pós casamento, a Lua de Mel é a oportunidade que o casal tem de separar um momento só para si, após a cerimônia, longe da vida cotidiana e da rotina profissional. E requer planejamento. A duração fica a cargo do casal. Se o seu sonho é passar a sua Lua de Mel numa viagem ao exterior, saiba que há acordos diplomáticos bilaterais do Brasil com alguns países em que se dispensa o visto de entrada para turistas. Aqui estão, em ordem alfabética,  – segundo o Itamaraty – os 66 países em que pode-se entrar sem necessidade do visto de turista:

África do Sul, Alemanha, Andorra, Antilhas Francesas, Argentina, Áustria, Bahamas, Barbados, Bélgica, Bolívia, Bósnia Guiana, Bulgária, Chile, Colômbia, Coréia do Sul, Costa Rica, Croácia, Dinamarca, Equador, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Filipinas, Finlândia, França, Geórgia, Grécia, Guatemala, Honduras, Holanda, Hong Kong, Hungria, Irlanda, Islândia, Israel, Itália, Liechtenstein, Luxemburgo, Malásia, Marrocos, México, Mônaco, Namíbia, Noruega, Nova Zelândia, Panamá, Paraguai, Peru, Polônia, Portugal, Reino Unido, República Tcheca, Romênia, Rússia, San Marino, Sérvia, Suécia, Suíça, Suriname, Tailândia, Trinidad e Tobago, Tunísia, Turquia, Ucrânia, Uruguai, Vaticano e Venezuela.

Apesar da dispensa de visto, o passaporte é fundamental para a entrada nesses países, com exceção dos que compõem o Mercosul, onde se pode entrar com um documento de identidade. A não exigência de visto também não significa burocracia zero. Alguns países podem exigir a apresentação de certas garantias, como confirmação de hospedagem, passagem de volta e comprovante de que possui dinheiro suficiente para se sustentar no país durante a permanência, que pode ser de até três meses, variando de país em país. Bom, agora é se programar e curtir sua Lua de Mel.